MERCURIO




Mercúrio sempre foi influenciável, pelos humanos e pelos deuses. Sempre soube que o seu grande mérito não seria realizar nada, mas informar. Assim como cada deus tem a sua própria natureza, na sua realidade a vida é monótona e previsível. Como os deuses são a personificação do prazer nas suas diferentes matizes, encontram uma forma de experimentar a existência a partir de uma outra realidade. Essa realidade é da forma humana, criatura que encerra dentro de si as relações intimas dos deuses em diferentes intensidades. A questão que se cria é: o que os deuses querem quando nos aproximam? Reunir em um mesmo espaço dois seres com tantas cicatrizes? Tanta capacidade de transformar junta deve dar o que? Quais as possibilidades disponiveis? Isso deve ser o início de algo, mas o que?