Peixes e o Natal


O peixe como décimo segundo signo do zodíaco é o terceiro signo que representa o elemento água. O primeiro é câncer e o segundo escorpião. Ao longo dos tempos os povos representaram as águas inferiores, o mundo subterrâneo, esculpindo peixes em seus monumentos. Assim foi com os Khmers, grupo étnico majoritário do atual Estado do Camboja. A condição de confundir-se com o meio ambiente e ser perpassado por ele, expressaria a confusão e sua impureza.
Carregando Varuna, expressa o carater do nascimento ou à restauração ciclica. Subir até a superficie e mergulhar ate o fundo, da-le o carater ao mesmo tempo do Salvador e do instrumento da Salvação, a Revelaçao. O peixe (matsya) é um avatar de Vishnu, que salva do dilúvio Manu, o legislador do ciclo presente; ele lhe envia em seguida os Vedas, isto é, ele lhe revela o conjunto da ciência sagrada.
Considerando a frequente associação da revelaçao com o salvador cristao, Cristo, é o pescador e a água batismal, tem seu elemento natural e instrumento da regeneraçao. Outras proximidades históricas, tem o peixe que guia a Arca Celestial, como o Matsya-avatar a de Manu.
Tambem representam o caráter do Revelador os peixes sagrados do Egito antigo, o Dagon fenicio e o Oannes mesopotâmico.
O tema do golfinho salvador é familiar na Grécia, atraves do salvamento de Ântio do naufrágio. O golfinho está associado ao culto de Apolo e deu o seu nome a Delfos (delfim). O peixe tem em suas ovas o símbolo da vida e da fecundidade.
No Oriente, a representação dos peixes é em par e consequentemente, simbolo de união. Associe-se a isso a ideia de prosperidade em função da profusão deles no oceano.
Na América Central é associado ao Deus do Milho e na Síria é atributo da Deusa do Amor. Na China é simbolo da sorte, acompanhado da cegonha (longevidade) os dois significam alegria e sorte.
No Egito o peixe era de consumo corrente do povo e proibido ao ser sacralizado, rei ou sacerdote.
A simbologia do peixe chega ao cristianismo, a ponto da palavra Ichtus (peixe) ser usada como ideograma, tendo cada uma das cinco letras gregas ser inicial de palavras que se traduzem por: Jesus Cristo, Filho de Deus, Salvador, Iesus Christós Theou Uios Soter.
Como o peixe tambem é alimento quando vinculado ao Cristo ressucitado associa-se ao pão, virando alimento espiritual. Na questao batismal refere-se a nova vida do batisado.
Astrologicamente, o signo de peixes é regido pelo planeta Netuno e compreende o período de 19/2 a 20/3 representando o final de um ciclo e a décima segunda casa astral.
Simboliza o psiquismo, o mundo interior, através do qual acessamos o inconsciente. Expressa a natureza receptiva, impessionável. Representa as enchentes do inverno, as cheias que dissolvem e engolem como um diluvio purificador. É o movimento inconsciente e anônimo de massa, como as águas que alimentam os oceanos no qual tudo se lança.
A tradição representa o signo com dois peixes sobrepostos em sentido inverso e ligados por uma espécie de cordão umblical de guelra a guelra.
Isso é bem identificável neste signo quando demonstra a sua aversão às prisoes ou qualquer coisa que represente limite, assim como a sua extrema empatia ao sofrimento do outro.

Depois da jornada iniciar-se em Áries e terminar em Peixes, neste, encontramos o mundo indistinto, do indiferenciado, do inundado, do confuso, do apagamento das particularidades, em beneficio do ilimitado onde isso é o que tem valor. O quanto é profundo o oceano e profunda a mente humana? Essa profundeza vai se utilizar da expressão artisitica, da plástica psíquica para dar vazão a todo o conteúdo contido em seu interior.
O apego não é a melhor qualidade para alguem tão profundo, onde as forças são exploradas a partir de um impressionismo que precisa de permeabilidade para se expressar, convidando ao abandono, a dilatação, a inflação emotiva, atraves dos quais ele tentará se fundir a origem para fora de si, mas para dentro de algo que o englobe, assimilando-o e o contendo.
Todos temos o signo de peixes vinculado a alguma dimensão da nossa vida. Percebendo qual é, estaremos compreendendo qual o potencial disponivel e poderemos desenvolver alternativamente os potencias inconscientes vindo a compor com as ferramentas pessoais uma maior satisfação pessoal. O ideal é possível se fizermos a ação correta.