ESCORPIÂO - Órion



Conta-se que Órion era filho do camponês da Beócia, chamado Hireu, que alojou em sua casa, Júpiter, Netuno e Mercúrio. Como recompensa, os deuses fizeram milagrosamente nascer da pele de uma ovelha a criança que foi chamada de Órion.
Segundo outros Órion era filho de Netuno com Euríale, filha de Minos. Tornou-se célebre pelo amor a Astronomia, que aprendera com Atlas e pela paixão pela caça. Tinha grande altura a ponto de ser considerado gigante, assim como Hércules, Teseu, Aquiles e Aristômaco, entre outros e de grande beleza. Caminhava pelo mar e mantinha a cabeça fora da água, que ultrapassa as ondas. Foi por esse motivo que acabou sendo confundido por Diana (Ártemis) e mortalmente atingido pela flecha dela. Órion se tornara hábil na arte de Vulcano (Hefesto), fazendo no fundo do mar o palácio para Netuno e que Aurora o raptou levando-o para Delos. No entanto o ciúme de Diana o mataria com o escorpião que ela fez surgir da terra. Órion teria forçado Diana a jogar disco e tê-la tocado com a sua mão. Por isso, Diana intercede junto a Júpiter (Zeus), para que ele fosse colocado no céu, onde forma a constelação de Órion. Assim, quando o tempo favorece, ele é visto com sua matilha, percorrendo o espaço, quando Diana o segue e o envolve com seus raios, então nenhum brilho é maior.



Órion