ESCORPIÃO - Perseu



Dânae, filha de Acrísio, rei de Argos, foi encerrada muito jovem por seu pai em torre de bronze, porque foi prevenido pelo oráculo que seu neto iria tirar-lhe a coroa e a vida, mas Júpiter (Zeus) transformou-se em chuva de ouro e entrou na torre e tornou Dânae mãe de Perseu. Ao saber da criança, Acrísio colocou a mãe e o filho em um barco ou cofre, que foi levado pelas ondas até as Ilhas do Serifo. Um pescador os encontrou com vida e levou até o rei Polidectes, que os ajuda e cuida da criação do jovem príncipe. Com o passar do tempo Polidectes se apaixona por Dânae e querendo desposa-la afastará o filho, mandando-o combater as górgonas. Perseu trará a cabeça da Medusa. Para essa tarefa, será armado pelos deuses com o escudo e o espelho de Minerva, o capacete de Plutão e as asas e os calçados com asas de Mercúrio. Avisado do poder da Medusa, que petrificava quem a olhasse diretamente, ele usa o espelho da deusa e sua mão conduzida por Minerva alcança o seu intento.