Sagitário - O Centauro



Era uma vez Urano (o Céu) e Géia ( a Terra) que começaram a criar deuses, gigantes, bem, mal, virtudes e vícios. Urano teve quarenta e cinco filhos de várias mulheres, sendo que dezoito eram de Titéia. Dos dezoito, os  principais eram Titã, Saturno e Oceano. Estes revoltaram-se contra o pai (Urano) e Saturno armado de uma foice de ouro, dado pela mãe (Géia), castra o pai. Desta extirpação nascerá Afrodite que é o resultado dos órgãos sexuais de Urano jogados no mar. Urano morre em função da mutilação física ou emocional. Para que chegássemos a esta situação temos Urano aprisionando os filhos no abismo, sem deixa-los ver o dia. Assim como o pai Urano, o filho Saturno também será excelente déspota e muito cruel. A idéia de ser deposto também ocorrerá para Saturno, como ocorreu para Urano.


No entanto Saturno comerá todos os seus filhos, que teve com Réia (sua esposa e irmã) até que Zeus (Júpiter) nasceu. Ela envolverá uma pedra em panos e dará ao marido para devorar como se fosse o filho recém nascido. Réia havia fugido para a ilha de Creta, onde dera à luz no monte Ida e deixará a criança aos cuidados da cabra Amaltéia.