As Boas Vindas



À entrada dos Infernos estavam a Dor, o Luto, os Remorsos, as Moléstias, a Velhice, o Terror, a Fome, a Indigência, a Fadiga, o Abatimento, e a Morte. O irmão da morte, o Sono também esta aqui, bem como a Culpa, a Guerra, as prisões das Eumênidas, a Discórdia. Adiante estão os sonhos Quiméricos, os centauros, seres híbridos, gigantes sem braços, a Hidra de Lerna, górgonas e harpias e homens compostos de três corpos em um só.

Antes de apresentar-se aos seus juízes, é preciso atravessar os rios infernais.




O Tártaro era a prisão dos deuses e sua profundidade era tão afastada da superfície da terra quanto esta da distância do céu. Cercado por triplo muro de bronze, sustentando os fundamentos da terra e dos mares. Era a prisão dos Titãs, os gigantes e os deuses expulsos do Olimpo e também o local do Palácio de Hades.


Os Campos Elíseos seriam o paraíso e a morada feliz das almas virtuosas. O cenário é eternamente  primaveril, banhado pelo rio Letes. Os heróis contavam as suas jornadas enquanto celebravam harmonicamente.

O rio Lete, era formado pelas aguas do esquecimento e os moradores ficavam ali 1000 anos até apagar-se tudo de terreno neles, depois disto esqueciam toda a sua vida (provavelmente bebendo do rio Lete) e reencarnavam ou podiam reencarnar em animais.