LEÃO ao longo da história III



Os Bambaras impressionados por sua força serena, fizeram dele uma alegoria do Saber divino e um grau, na hierarquia social tradicional, que só tem como superior o dos sacerdotes-sábios. A reflexão sobre os defeitos  desta força tranqüila, quando vai ao ponto de não poder ser mais questionada, não escaparam nem à sabedoria popular, nem aos místicos e filósofos. Assim, com a libertação feminina dos últimos tempos, o leão soberbo e generoso tornou-se o macho falocrata, que não sabe ou finge não saber que seu poder é relativo.
O que não deixa de evocar as observações de São João da Cruz sobre a impetuosidade do apetite irascível do leão, símbolo de uma vontade imperiosa e da força incontrolada; por onde se chega ao  leão barrigudo, símbolo da avidez cega, sobre o qual Shiva coloca o pé. Do leão de Cristo, essa cegueira conduz diretamente ao leão-símbolo do Anticristo, igualmente mencionado nas escrituras. Para a psicanálise ás vezes o símbolo de um impulso social pervertido a tendência de dominar como déspota, a impor brutalmente a sua autoridade e a sua força. O rugido profundo do leão e sua fauce grande e abertura invocam um simbolismo bem diferente, não mais solar e luminoso, mas sombrio e ctoniano. O leão nessa inquietante visão se assemelha às outras divindades infernais que engolem o dia no crespúsculo e o vomitam na aurora, como o crocodilo de diversas mitologias. Assim ocorria no Egito, onde os leões eram representados aos pares, um de costas para o outro: cada um olhava para o horizonte oposto, um a leste e outro a oeste. Chegaram a simbolizar os dois horizontes e o percurso do Sol de uma a outra extremidade da terra. Vigiando assim o escoamento do dia, representavam o Ontem e o Amanhã. Como a viagem infernal do Sol conduzido da goela do Leão do Ocidente à do Leão do Oriente, de onde renascia pela manhã, eles tornaram-se o agente fundamental do rejuvenescimento do astro. De um modo mais geral, simbolizaram esse rejuvenescimento de vigor que a alternância da noite e do dia, do esforço e do repouso, assegura.